quinta-feira, 16 de maio de 2013

Posts para tu não leres* #1

*a M.

Hoje é o dia em que não queria ter sido mãe. 

É o dia em que olho para ela e penso "porque raio vieste tu complicar-me ainda mais a vida já complicada?".

É o dia em que tudo o que o meu cérebro pensa "era tão mais fácil não ter crianças por quem estar sempre a olhar, educar, desesperar..."

Em que eu acho que não tenho habilidade nenhuma nisto de ser mãe.

É aquele dia em que os meus sentimentos mais tenebrosos vêm ao de cima e eu acredito que "não quis esta bebé e nunca a vou aceitar plenamente". 

É o dia em que me esqueço de todas as coisas boas e oiço apenas o choro, ininterrupto, que me deixa descontrolada.

Aquele dia em que acredito piamente que tu sentes que eu não te amo tão plenamente como uma mãe devia amar. 

Um dia em que a razão se sobrepõe à emoção e ao sentimento e eu faço uma lista mental dos benefícios de ser mãe. E não encontro nenhum.

O dia em que acho que vieste estragar um pouco a nossa relação de perfeitos-imperfeitos, porque agora estamos os dois desgastados, stressados, sem conseguir concordar nos pontos mais importantes. 

 Hoje é o dia em que desejo ser mãe daqueles bebés de revista, ou de colos alheios, tão sossegadinhos, que dão beijinhos e abraços às mães, que obedecem, que não fazem birras e comem tudo. Que não lutam, lutam, lutam... 

Hoje é aquele dia em que me sinto a pior pessoa no mundo, por ser aquele dia. 

E é o dia em que escrevo para mim, não para ti. Porque tu só tens que saber o que acontece na maioria dos dias. E na maioria dos dias eu amo-te com um amor desmedido, irracional, cego, de Mãe. Mas hoje não.

E, mesmo que não saibas disso, desculpa-me. Desculpa ter sido esta a Mãe que te calhou... Merecias mais, meu amor... Muito melhor.





5 comentários:

S* disse...

Ufa, que texto doloroso. Tenho a certeza que és muito melhor mãe do que julgas.

Vee disse...

Pensas demasiado. Há escolhas que não dá para voltar a fazer, não penses nelas, joga com o presente.

Queen of Hearts disse...

<3 *hugs*
E espero que hoje te sintas melhor.

Mi♥ disse...

S*, sim doloroso de escrever e doloroso de re-ler... Mas verdadeiro.

Vee, tens toda a razão! Penso em demasia, em tudo, em todas as possibilidades e impossibilidades! Às vezes consigo controlar-me, outras vezes é isso que me controla... :/

Queen, sim, já sabes como é... Um dia bom, outro menos bom e vamos andando assim. Mas faz-me muito bem desabafar aqui. Mesmo que não seja fácil nem "bonito" de se ler... :/

Beijinhos!

Jovem Atrapalhada disse...

Um desabafo emotivo e incrivelmente corajoso!!